Vinho na Dieta Low Carb: Posso Tomar? O Guia Definitivo

Vinho na Dieta Low Carb: Será que podemos desfrutar?

Este texto é de autoria do Dr. Anthony Gustin e da jornalista Devan Ciccarelli, e está aqui. A tradução foi feita por Thais Vidal, e a adaptação, edição e finalização foram feitas por Pedro Camargo.

Resumindo, sim, podemos desfrutar de vinhos na dieta low carb. Mas você deve consultar este guia antes de servir a sua próxima taça.

Por isso, já deixe o seu email abaixo, para não perder mais nenhuma atualização do site, e vamos lá.

Cadastre seu e-mail abaixo para receber gratuitamente dicas e receitas para o seu emagrecimento

Uma das maiores perguntas que a maioria das pessoas fazem quando iniciam uma dieta low carb é:

Posso beber vinho?

A resposta é: depende.

Você já deve saber que bebidas alcoólicas como vodca, uísque e tequila se encaixam moderadamente na dieta low carb. Mas e o vinho?

Este artigo irá esclarecer tudo o que você precisa saber sobre vinho e a dieta low carb.

Aqui nós iremos falar sobre:

  • O que torna um vinho boa opção para a dieta low carb;
  • Os melhores vinhos low carb;
  • Os vinhos a se evitar na dieta low carb;
  • Quantidades de carboidratos por taça;
  • Cuidados a se ter na hora de tomar vinho;
  • Considerações importantes;
  • e muito, muito mais.

O que Seria um “Vinho Low Carb”?

Muitos vinhos têm um alto teor de açúcar, e elevarão os seus níveis de insulina e açúcar no sangue.

Mas existem algumas opções de vinhos bons para a dieta low carb.

E eles são os vinhos secos!

O que Torna um Vinho “Seco”?

Um vinho é considerado “seco” quando contém menos de 10 gramas de açúcar residual por litro.

Créditos da Imagem: Wine Folly

Mas, sem as informações nutricionais impressas na rótulo ou no cardápio, como saber quais vinhos têm um menor teor de açúcar?

Relacionado: O que É Dieta Low Carb, Quais os Seus Benefícios e Porque ela Funciona!

Primeiramente, você precisa entender que o açúcar no vinho possui uma função específica. Durante o processo de fermentação, as leveduras se alimentam do açúcar natural das uvas para produzir o etanol (ou álcool).

Por conta disso, após esse processo o vinho, quando “seco”, possui bem menos açúcar se comparado às uvas que tínhamos inicialmente.

Porém, isso não significa que o vinho não sobre nenhum açúcar residual ao final deste processo.

Já os vinhos doces, ao contrário dos secos, passam por um processo de fermentação muito mais curto.

Visto que as leveduras não têm tempo de consumir todo o açúcar das uvas, mais dele é deixado para trás.

Esse açúcar restante, chamado de açúcar residual, contribui para o sabor doce do vinho e, como resultado, você encontrará mais carboidratos em cada taça ou garrafa.

É por isso que você sempre irá querer optar por “vinho seco” ao escolher um vinho na dieta low carb.

Melhores tipos de Vinhos Secos

Além de procurar as palavras “vinho seco” na descrição, você também pode filtrar os vinhos sabendo quais tipos específicos possui naturalmente menos açúcar.

Vale lembrar que é praticamente impossível encontrar um vinho com zero carboidratos, ou extrasseco.

E se você precisar de uma referência rápida para os melhores vinhos tintos e brancos low carb, aqui estão as melhores opções (em ordem crescente em quantidade de carboidratos).

  • Sauvignon Blanc

Apesar de sua nitidez quase doce, sauvignon blanc contém a menor quantidade de carboidratos e açúcares, tornando-o uma excelente escolha de vinho seco low carb.

Em uma taça de sauvignon blanc há apenas 3 gramas de carboidratos.

  • Chardonnay

Enquanto sauvignon blanc e chardonnay são considerados vinhos secos, o primeiro é um vinho leve e o segundo é exatamente o oposto: um vinho encorpado.

Apesar dessa diferença, uma taça de chardonnay possui 3,2 gramas de carboidratos, um pouco a mais que o sauvignon blanc, mas não muito.

  • Pinot Noir

Como o primeiro vinho tinto da lista de vinhos low carb, pinot noir não fica muito longe de uma taça de chardonnay, com apenas 3,4 gramas de carboidrato por taça.

  • Merlot

Merlot e cabernet sauvignon recebem o prêmio por serem os tintos mais populares da América, mas o merlot tem uma pequena vantagem: 3,7 gramas de carboidratos por taça, contra 3,8 gramas de uma taça de cabernet.

Uma vantagem que, convenhamos, é mais do que irrelevante.

  • Cabernet Sauvignon

Cabernet sauvignon pode não ser o vinho tinto com a menor quantidade de carboidratos por possuir 3,8 gramas de carboidrato, mas ele ainda é uma boa opção de vinho seco para quem segue uma dieta low carb.

  • Pinot Grigio

Uma taça de pinot grigio possui a mesma quantidade de carboidratos que uma taça de cabernet sauvignon, ou seja, 3,8 gramas. Se você prefere vinho branco, o pinot grigio e o pinot blanc são quase iguais em termos nutricionais.

  • Pinot Blanc

O pinot blanc, que se assemelha a um pinot grigio, também possui 3,8 gramas de carboidratos por taça.

Você deve ter percebido que não há muita diferença entre as contagens de carboidratos nesses sete estilo de vinhos.

Cada taça desta lista varia entre 3 e 3,8 gramas de carboidratos.

No entanto, você verá um cenário muito diferente quando comparar esses sete vinhos com os vinhos “meio secos” ou “doces” que temos por aí.

Relacionado: Doces Low Carb, Quanto é Permitido Comer?

Vinhos Tintos Classificados pela Quantidade de Carboidratos

Aqui está uma comparação entre os vinhos tintos mais populares do mundo (em ordem de níveis mais baixos de carboidratos para os mais altos):

  1. Pinot noir: 3,4g de carboidrato por taça
  2. Merlot: 3,7g de carboidratos por taça
  3. Cabernet sauvignon: 3,8g de carboidratos por taça
  4. Syrah: 4g de carboidratos por taça
  5. Red zinfandel: 4,2g de carboidratos por taça
  6. Vinho do Porto: 9g de carboidratos por taça
  7. Xerez/Jerez: 9g de carboidratos por taça
  8. Sangria: 13,8g de carboidratos por taça.

Como você pode ver nos três últimos vinhos, nem todos os vinhos tintos são uma boa ideia para quem está fazendo a dieta low carb.

Uma taça de vinho tinto doce é suficiente para consumir metade o seu orçamento de carboidratos no dia, se você estiver em uma abordagem de até 20 gramas por dia.

Além disso, se você decidir tomar uma segunda dose, você poderá facilmente sair da dieta low carb.

Sugestão: Exemplos de Refeições Low Carb por R$5,00

Mas atenção: também não é seguro supor que todos os vinhos brancos sejam uma boa opção.

Vinhos Brancos Classificados pela Quantidade de Carboidratos

Os vinhos brancos podem variar na quantidade de carboidratos que você está consumindo em cada taça.

Aqui está uma lista dos principais vinhos brancos (dos mais baixos aos mais altos em questão de quantidade de carboidratos por taça):

  1. Brut champagne: 1,5g de carboidratos
  2. Sauvignon blanc: 3g de carboidratos
  3. Chardonnay: 3,2g de carboidratos
  4. Champagne: 3,8g de carboidratos
  5. Prosecco: 3,8g de carboidratos
  6. Pinot grigio: 3g de carboidratos
  7. Pinot gris: 3,8g de carboidratos
  8. Pinot blanc: 3,8g de carboidratos
  9. Lambrusco: 4g de carboidratos
  10. Riesling: 5,5g de carboidratos
  11. Rosé: 5,8g de carboidratos
  12. White zinfandel: 5,8g de carboidratos
  13. Moscato: 7,8g de carboidratos
  14. Sangria de Vinho Branco: 14g de carboidratos

Semelhante à lista de vinhos tintos, os vinhos brancos e os espumantes no final da lista são tudo, menos uma boa opção na dieta low carb.

Apresentando mais carboidratos do que, por exemplo, o leite.

Vinhos a Serem Evitados na Dieta Low Carb

Se você planeja beber vinho enquanto faz dieta low carb, não peça esses vinhos com alto teor de carboidratos:

  1. Sangria
  2. Zinfandel
  3. Moscato
  4. Riesling
  5. Vinho do Porto
  6. Vinho de Sobremesa
  7. Wine cooler

Observação: beber álcool na forma de wine coolers (sim, eu sei que é incomum no Brasil) é como consumir bombas alcoólicas de açúcar. Essas bebidas certamente irão atrapalhar demais a sua dieta.

Uma melhor ideia é ficar com as opções de vinhos favoráveis à dieta low carb, que eu citei acima!

E claro, aproveitar para harmonizá-los com boas opções de alimentos low carb, tais quais:

Precisando de mais receitas para seguir a dieta? Baixe aqui meu ebook de receitas gratuito.

Algumas Advertências sobre o Vinho

Embora você possa beber álcool em uma dieta low carb, convém algumas ressalvas.

Perda de Filtro

Os efeitos do álcool fazem com que fique mais fácil comer e beber demais. Quanto mais você beber, maior a probabilidade de sabotar a dieta. Simples assim.

Isso ocorre pelo fato do álcool ser um desinibidor das nossas vontades e desejos. Quem é que nunca se soltou mais depois de algumas doses da sua bebida favorita?

Se o seu desejo é dançar com menos vergonha durante uma festa, o álcool te “ajuda” nisso, tirando o filtro da vergonha.

Porém, se o seu desejo é atacar uma barra de chocolate, ele também irá te ajudar, e te fará pensar “depois penso na dieta”. O problema é que o “depois” sempre chega.

Sugestão: Baixe aqui uma lista de alimentos permitidos na dieta Low Carb.

Diminuição na Oxidação de Gorduras

Além disso, o consumo de álcool “desliga” o seu potencial de queima de gordura.

O seu corpo passa a priorizar a retirada do álcool do seu metabolismo em vez de usar sua gordura como energia, afinal ele é tóxico. Isso pode desacelerar ou até paralisar a sua perda de peso.

Vale lembrar que cada ml de álcool fornece 8kcal, e são essas kcal que serão queimadas enquanto houver álcool no organismo.

Se você quiser entender mais sobre bebidas alcoólicas, dietas, emagrecimento e hipertrofia, eu recomendo o livro do Hilton Sousa, chamado Low Carb on The Rocks.

No material ele explica melhor como o álcool pode ser consumido sem que se perca o controle sobre o peso, te ensinando como adequar bebidas alcoólicas a uma dieta com baixo teor de carboidratos.

Tem mais informações sobre o Low Carb on The Rocks nesta página.

Ressaca

Durante a dieta é normal ter uma menor tolerância ao álcool.

Há relatos, inclusive da pessoas vos escreve agora rs, das piores ressacas da vida ocorridas durante períodos restritos em carboidratos. 

E não pense que isso só ocorre após grandes bebedeiras… algumas tacinhas de vinho já podem ser suficientes para você não querer viver o dia seguinte.

Resumindo: é aceitável incluir vinhos baixos em carboidratos no seu cardápio semanal de refeições low carb. 

Baixe aqui um cardápio gratuito para 7 dias de dieta low carb.

Mas você não deve fazer isso todos os dias, principalmente se deseja emagrecer rapidamente.

Há Benefícios no Vinho?

Sim, existem evidências de que o vinho pode ter alguns benefícios para a saúde. E eu falo sobre alguns deles no vídeo abaixo.

Basicamente, isso se deve a presença de alguns antioxidantes, como é o caso dos flavonoides.

Por outro lado, se você está buscando os benefícios dos antioxidantes, talvez seja melhor utilizar uma fonte não alcoólica, como frutas vermelhas ou vegetais com pouco carboidrato.

Consulte este Guia de vinhos Low Carb ao Servir uma Taça

O vinho, quando apreciado com moderação, é compatível com a dieta low carb.

Dito isso, você deve se educar sobre quais taças de vinho contêm as menores e maiores quantidades de carboidratos e açúcar.

Se você decidir tomar uma taça de vinho ocasionalmente, lembre-se de dar preferência para os vinhos com menos carboidratos. A lista a seguir apresenta boas opções:

  1. Sauvignon blanc
  2. Chardonnay
  3. Pinot noir
  4. Merlot
  5. Cabernet sauvignon
  6. Pinot grigio
  7. Pinot blanc

Outra consideração importante é lembrar que, acima de tudo, a água continua sendo a principal bebida da dieta low carb.

Acompanhada de outras opções low carb e livres de kcal, como chás e café.

Além disso, após beber uma(s) taça(s) de vinho, tente não se pesar, ou então não se importar com o resultado da balança.

É natural que o álcool nos faça reter líquidos, ele é um agente tóxico ao nosso organismo e realmente desestabiliza as coisas.

Então, se for dirigir, não beba – e se for beber, não crie paranoias com a balança, em 1 ou 2 dias ela voltará ao normal.

Mas mais importante do que evitar a todo custo uma tacinha esporádica de vinho seco, é se manter firme na dieta.

Para isso, o meu livro de receitas pode ser um material de grande valor pra você.

Ele chama “Dominando a Dieta Low Carb: 101 Receitas para ter Resultados”, contém 101 receitas low carb testadas e aprovadas, e é enviado para todo o Brasil com frete grátis.

Clique aqui para conhecer mais sobre esse material super valioso, e descobrir como você pode receber ele aí na sua casa.

Qualquer dúvida que tiver, pode deixar na caixa abaixo. Será um prazer te responder e te ajudar nesta jornada.

Seguimos juntos, abraços.

Pedro Camargo.

[wpdevart_facebook_comment/* Para remover esta mensagem, instale e configure o plugin WpDevArt Facebook comments (https://wordpress.org/plugins/comments-from-facebook/) em "Plugins > Adicionar Novo" */]